04 junho 2013

A importância dos Projetos Esportivos e a Necessidade atual em promover cidadania para desenvolver a educação.

De uns tempos para cá houve uma corrida em busca de recursos para a implantação de projetos esportivos. Porém quem tem se dado ao trabalho de correr atrás deste filão de ouro, pouco ou nada entende de esportes ou sequer estiveram dentro de uma piscina, pisaram uma quadra de futsal, basquete, vôlei ou handebol.

Nunca tocaram numa raquete de tênis, sequer sabem o que é um arremesso de martelo olímpico, jamais viram um lançamento de dardo ou tão pouco sabem o que é um lançamento de disco olímpico.Corrida de ruas, isso é coisa de maluco, dizem esses entendidos!
Há uma necessidade de termos algo em que se possa de forma sadia chamar a atenção de nossas meninas e meninos para praticarem uma modalidade esportiva. Bem verdade que a mídia, seja escrita, falada ou televisiva ou as grandes febres do momento as redes sociais e  os celulares tem divulgado que o beltrano ou o fulano foram jogar na Europa ou mesmo na Arábia, Japão, Estados Unidos, enfim auferindo verdadeiros oceanos de dinheiro em troca de suas habilidades esportivas.

Mas a grande questão passa pela maneira como isso é divulgado, o menino ou a menina só fica sabendo que o grande atleta, o ídolo do momento mudou de camisa de uma maneira superficial. Falta no humilde entender deste colunista, que é necessário mostrar a base e as maneiras que esses seres humanos em tenra idade podem trilhar os mesmos caminhos pisados pelos ídolos que estão saindo e que também um dia serão astros e estrelas.
Para que esses segredos sejam desvendados e amplamente divulgados seria imperioso que as entidades que pleiteiam recursos apresentassem projetos em que a divulgação também fosse parte integrante dos trabalhos.
Essa metodologia de trabalho de divulgação seria benéfica para todos. Ganha a entidade que esta desenvolvendo o projeto, pois mais jovens tomaram conhecimento das suas atividades que muitas vezes está no mesmo bairro e poucos conhecem. Ganha o patrocinador, um a vez que a divulgação da sua marca será quase que diária nos mais diversos meios de comunicação, por um tempo muito maior do que o de um comercial pago. Seria interessante também buscar nos grandes clubes do País o agendamento de uma visita de parte do elenco em uma data especifica (aniversário da entidade, dia da Cidade, Dia da Criança).
Importante também organizar uma vez por mês uma excursão em um sábado ou domingo em que um clube de renome nacional fizesse um jogo importante pelo Campeonato Estadual ou Nacional. Esse evento certamente que teria o apoio das equipes, pois seria uma maneira barata de incentivar e motivar o pequeno atleta.
Muito se tem falado a respeito deste ou daquele modelo de projeto, desta ou daquela maneira de captar recursos, porém se esquecem de quem é a mola mestre do sistema:
O atleta educando, esse sim é o diamante bruto a ser lapidado.
Longe de querer ser o dono da verdade, mas há uma grande necessidade de formação atual não só de atletas, mais de cidadãos e cidadãs comprometidos com o desenvolvimento da comunidade e respeito aos direitos de todos. Temos uma carência enorme de cidadania. O esporte é capaz de educar e disciplinar usando uma formula simples. Regras. Em toda modalidade esportiva há regras e uma vez afrontadas essas regras, a equipe que a promoveu é apenada de várias maneiras.
Essa punição desperta no praticante de atividades esportivas seja, qual for a modalidade, o senso de responsabilidade e de respeito pelo adversário e o faz acatar as regras e normas da sociedade que promove essas competições.
Nos dias de hoje muito se falar em maioridade penal, no entanto não se fala em qualidade na formação de cidadãos e cidadãs. Há uma lacuna muito grande entre o que esta acontecendo e se discutindo e o fator berço! Nossa antiga psicologa que no campo produzia o marmelo há muito não dá as caras na cidade.É isso mesmo, o intuito é fomentar a discusão.
Os tempos são outros, mais é necessário haver mais dialogo entre país e filhos, sociedade e interação entre alunos, escola e familia.
Retornando essa conversa certamente que a piscologa antiga poderá continuar lá no campo produzindo os deliciosos marmelos.
 Após algumas pesquisas e coisas caçadas na internet, também escrevi algo que está abaixo:
Elementos essenciais de um Projeto:
Título, objetivos, metas, justificativa, beneficiários, local, estratégia, cronograma, orçamento.
1. Título do Projeto
Procure colocar no título a síntese do objetivo principal do seu Projeto
2. Objetivos
Objetivo Geral
Descrição completa do objeto a ser executado.
Deve ser claro, coerente e sucinto para dizer o que o projeto quer;
Deve refletir a razão de ser do projeto.
Indica o objetivo maior que orienta a intervenção, é superior ao objetivo específico do projeto.
Objetivo Específico
Definir a sua razão de ser, a sua finalidade;
Devem estar bem relacionados com o título, com o contexto do projeto.
Redigir de forma clara o que se quer atingir, indicando os benefícios desejados para o público alvo.
3. Metas
Descrever as metas desejadas com a aplicação do Projeto.
Quantitativas: indique as metas físicas tangíveis, relacionadas aos objetivos, geral e específicos, de modo a permitir a verificação da eficiência e da eficácia das ações.
Qualitativas: indique metas relacionadas a aspectos tangíveis dos objetivos, geralmente relacionados aos impactos gerados no público alvo.
4. Justificativa
Fomentar de forma pertinente a relevância do projeto como resposta a um problema ou necessidade identificada de forma objetiva. Deve haver ênfase em aspectos qualitativos e quantitativos, evitando dissertações genéricas sobre o tema.
Informe os motivos que o levaram a propor o projeto
O projeto deve estar baseado em uma justificativa absolutamente coerente, que fundamente a sua razão de ser;
Não deverá haver dúvida da razão do por que do projeto, o fim a que se destina, devendo convencer da necessidade e relevância dos objetivos propostos;
Uma análise objetiva do contexto geral e específico poderá ser útil nesta fundamentação.
Nessa ação deve-se informar os indicadores que comprovem a capacidade técnico-operativa do proponente.
5. Beneficiário da proposta
Indivíduo ou instituição que se beneficiará da proposta apresentada. Poderá ser o mesmo do autor da proposta.
Público alvo
Delimitar o público envolvido e descrever os benefícios diretos e indiretos.
Essa descrição deve ser realista e coerente com a proposta e estratégia do projeto.
6. local
Descrição detalhada do(s) lugar(es) onde serão executadas as atividades.
7. Estratégias de ação
Descrição quantitativa e qualitativa das metas a serem atingidas.
Descrever o passo a passo do desenvolvimento do projeto;
Descrever os meios /ações que serão utilizadas para assegurar o êxito do projeto;
Não queimar etapas – as ações devem ser necessárias e suficientes para assegurar os objetivos pretendidos, mostrando coerência no texto;
Verificar se todas as atividades essenciais requeridas para alcançar os resultados foram listadas.
Metodologia
É o conjunto de técnicas e processos utilizados para ultrapassar a subjetividade da ação. Deve apresentar compatibilidade com os objetivos, metas e conceitos, bem como com a forma de aplicação e desenvolvimento das atividades do projeto apresentado. Explicar, sucintamente, como o projeto será desenvolvido: ações, atividades previstas (esportivas e complementares) e os meios de realização. Detalhar como as diferentes etapas serão implementadas e qual a inter-relação entre as mesmas.
8. Cronograma de atividades
Descrever com a maior precisão possível, as datas e as atividades a serem realizadas. Um cronograma pode ser elaborado a partir de prazos limites ou de prazos por atividades.
9. Orçamento
Descrever, detalhadamente, o orçamento com os respectivos cronogramas de aplicação: especificando onde e como as verbas serão aplicadas.
A elaboração de um bom orçamento requer planejamento, pesquisa, tempo e paciência. É preciso determinar e cotar todos os itens que constaram no projeto (recursos humanos, materiais, serviços de terceiros e etc.), ou seja, é a relação de tudo que será necessário para a realização de um projeto.

MSN Brasil - Outlook, Hotmail, Skype, Notícias, Fotos e Vídeos

Um comentário:

Mauro José Dias Martins Júnior disse...

Texto interessante. Mostra explicitamente os pontos que devem ser abordados na elaboração de um projeto esportivo. Também ressalta que muitos daqueles que "tentam" fazer algo pelo esporte, não se dão ao trabalho de fazer uma breve caminhada no quarteirão em que reside, mas também chama atenção de quem está diretamente envolvido com alguma atividade esportiva. Montar um projeto esportivo que atraia atenção das crianças não é nenhum bixo de 7 cabeças. Diga para um grupo de crianças montar seus times para disputar um campeonato de futebol em pouco mais de 3 dias eles lhe dão uma relação com nome de todos os incritos e com um nome para cada time. Mostre essa idéia a alguns possíveis patrocinadores e pronto. Nada, nada, nada esse "campeonatinho" divulgará o nome do patrocinador por uns 3 meses.